5 contos incríveis que você deve ler

Olá pessoal, tudo bem com vocês??

Continuando com minhas listas, hoje, trago para vocês uma lista com cinco contos incríveis que vocês devem ler para ontem. Já publiquei aqui 15 livros para ler em um dia, clique AQUI para ver a lista.

Os contos da vez são estrangeiros e da turma dos clássicos. Já li os cinco e gostaria muito que todos os lessem para rirem ou sentirem medo, assim como foi comigo.

Todos eles são fáceis de serem encontrados. Só clicar no link ao final de cada resumo que você verá qual edição ele está e foi a edição onde os li.

Vamos à lista!

A cor que caiu do espaço (H.P. Lovecraft)

Conto publicado em 1927. A estória se dá após a queda de um meteoro em uma fazenda a oeste de Arkham. O que ninguém esperava é que este meteoro havia trazido algo para a Terra, nunca antes visto, e vai manifestar-se sugando toda a energia/vida de tudo ao seu redor, trazendo um cinza às plantas do local, assim como à fauna. Esse efeito faz com que as pessoas passem a chamar o vale de "descampado maldito". Claro que a pessoa que nos relata esse acontecimento irá investigar, ir até o local para esclarecer do que se trata essa aberração cromática, nos proporcionando uma narrativa com toques de ficção científica e horror. Recomendação: Não ler esse conto antes de dormir, ele dá medo, muito medo. Ele está disponível na edição da editora Hedra "Os melhores contos de H.P. Lovecraft" (Clique AQUI para ver a página do livro no Skoob) e tem cerca de 30 páginas.



O Capote (Nikolai Gógol)

Um dos melhores contos que já li na vida. Foi publicado em 1842 e Gógol nos oferece um mix de fantasia com realismo. O protagonista Akaki Akakievitch é o típico homem sem importância, resignado à sua vida simples e miséria, que trabalhava como um copista e era motivo de piadas dentre seus colegas de trabalho. Com o inverno se intensificando, ele precisa de um novo capote, pois o seu atual está tão velho que não pode nem ser mais remendado. Então, ele se priva de mais coisas do seu dia a dia para juntar o dinheiro necessário para comprar um capote novo. Leiam para saber o que a vida dele se torna após a aquisição deste novo capote. Dei muitas risadas e fiquei impressionada com a conclusão do conto. É muito bom mesmo. Ele está disponível na edição da Editora 34 "O Capote e outras histórias" (Clique AQUI para ver a página do livro no Skoob) e tem cerca de 40 páginas.

O cão fantasma (Ivan Turguêniev)

Este conto irá nos narrar um acontecimento sobrenatural ocorrido com Porfíri Capitónitch, envolvendo um cão fantasma. Um grupo de distintos senhores estão conversando sobre o sobrenatural, sua existência e influência na vida das pessoas e, com isso, Porfíri Capitónitch toma a palavra e passa a contar ao grupo o evento sobrenatural pelo qual passou. Os eventos reais e fantásticos se confundem ao longo deste conto, transmitindo uma atmosfera de horror, principalmente, nos momentos quando ele narra as perseguições do tal cão fantasma. É muito gostoso de ler, assim como todos os livros de Turguêniev. Ele é publicado sozinho em uma edição da Editora 34 chamada "O cão fantasma" (Clique AQUI para ver a página do livro no Skoob) e tem cerca de 50 páginas.



Uma descida no Maelström (Edgar Allan Poe)

Um conto não tão popular por aí, mas que é capaz de despertar horror em nós apenas por olhar de forma diferente a um evento natural nos mares noruegueses, precisamente no distrito de Lofoden. O conto se inicia com um velho contando suas experiências de pescaria a um homem, sobre uma montanha que dá vista para o mar. O velho está mostrando as ilhas do local e as alterações que acontecem nas águas, que precedem ao turbilhão conhecido como Maelström. Assim, ele passa a relatar o dia que ele e seus irmãos não conseguiram escapar do turbilhão. Terror e a loucura se fazem presente nesse conto incrível. Leia para saber como foi que ele conseguiu sobreviver ao evento. O conto está disponível na edição da editora Tordesilhas "Contos de Imaginação e Mistério"(Clique AQUI para ver a página do livro no Skoob) e tem cerca de 20 páginas.

O gigante egoísta (Oscar Wilde)

O conto é um dos mais doces que já li. E conta a história de um gigante, dono de um jardim muito bonito, onde crianças brincavam todos os dias depois de saírem do colégio. Depois de sete anos longe de casa, o gigante retorna ao seu jardim e vê que as crianças estão lá e ele não gosta. Ele manda as crianças embora e constrói um muro ao redor do jardim. As crianças procuram outro lugar para brincar, mas nenhum lugar se compara ao jardim. Quando chega a primavera, surgem flores por todos os cantos, menos no jardim do gigante, onde o inverno continua imperando, pois, as crianças não brincam mais lá, não há pássaros cantando e as plantas não florescem mais. Mas, tudo muda! Leiam para saber o que acontece para que tudo volte a ser Primavera. É bem singelo e doce. Um dos meus preferidos do Wilde. O conto está disponível na edição da Editora Landmark "Contos Completos de Oscar Wilde" (Clique AQUI para ver a página do livro no Skoob).

Qual conto clássico que vocês me indicariam? Deixa nos comentários!

Beijos,


Share:

0 comentários

Obrigada pelo seu comentário! Responderei assim que possível!